4 dicas para dar um impulso nas suas redes sociais.

4 dicas para dar um impulso nas suas redes sociais.

A criação de conteúdo relevante para escritórios jurídicos não é uma tarefa simples e, diferente de outros segmentos, o trabalho exige muita atenção e envolvimento.

Além de legitimar a sua presença no mercado, a produção de conteúdo relevante faz com que mais clientes confiem no seu trabalho. Entretanto, para ser relevante, você precisa estar focado no seu público e na qualidade do conteúdo proposto.

No caso do conteúdo relevante para escritórios jurídicos isso significa responder perguntas comuns do meio e comentar temas populares, de forma embasada e qualificada.

A necessidade de trabalhar esse tipo de conteúdo.

O desenvolvimento de conteúdo relevante para escritórios jurídicos está diretamente relacionado a construção de uma presença digital sólida. No novo mundo da Advocacia Digital, estar fora da internet não é mais uma opção.

Os sites e redes sociais do seu escritório são ferramentas estratégicas na busca de mais clientes, causas, lucro e sucesso, já que ampliam a sua visibilidade na internet.

Sendo assim, saber como criar conteúdo relevante para a internet é estratégico e auspicioso. Por isso, apontamos a seguir alguns métodos bastante úteis para te ajudar nesse tipo de processo.

1 – Escolha a sua persona.

A “persona” é quem define o seu público-alvo de forma mais direta. É um perfil criado por você para personificar boa parte de seus prováveis clientes. A técnica ajuda você a determinar o teor do conteúdo a ser desenvolvido para as suas redes sociais.

2 – Responda as perguntas recorrentes.

Todos nós temos dúvidas jurídicas e, muitas vezes, para encontrar as respostas, jogamos a questão em um site de buscas. Se o seu conteúdo (blog, redes sociais) oferecer respostas para as perguntas mais frequentes entre advogados, vai ganhar a atenção do público muito mais rápido, ampliando assim a sua relevância no site de buscas.

3 – Traduza conceitos difíceis.

Democratize o seu conteúdo. Vamos reconhecer: o “juridiquês” não é uma linguagem compreensível para todos. Mas você pode se valer disso para ganhar destaque nas redes, desenvolvendo um conteúdo mais leve, menos técnico e esclarecendo conceitos nebulosos com textos mais coloquiais.   

Dessa forma, o seu conteúdo vai dialogar com um número maior de leitores e ampliar a confiança do seu público.                                                                                                                            

4 – Levante assuntos do momento.

Não há problema nenhum em surfar na onda das polêmicas, desde que o seu conteúdo traga bons argumentos e contribua com o debate. Sejam temas debatidos atualmente (direito ambiental, crimes digitais), sejam assuntos de interesse público (mudanças na legislação), tudo pode servir de argumento para você criar conteúdo relevante para as suas redes sociais. Assuntos que figuram entre os trend topics são sempre bem-vindos.

Agora que você já sabe por onde começar chegou a hora de investir na sua presença digital e caprichar na produção de conteúdo das suas redes sociais.

O primeiro passo é contar com o auxílio de bons profissionais do segmento. A equipe de Marketing Jurídico do PROMAD, por exemplo, conta com designers especializados no universo jurídico, pautados pelo Estatuto da OAB, e está sempre pronta para conversar com os advogados sobre o papel das mídias sociais nos escritórios de advocacia.

Acesse www.promad.adv.br e conheça melhor essa poderosa ferramenta.

Deixe uma resposta