Como escolher a melhor área de especialização no Direito?

Ter uma especialização no Direito é um passo importante para o advogado que quer se destacar no mercado. Afinal, ser um profissional especializado pode ser uma ótima maneira de atrair clientes, isso sem mencionar a valorização dos honorários.

No entanto, escolher uma boa área para se especializar requer análise e estratégia. Antes de tomar a sua decisão, é fundamental avaliar alguns fatores. Uma especialização no Direito demanda investimento de tempo e de dinheiro. Por isso, é essencial fazer uma escolha alinhada com os objetivos profissionais, para não errar!

Para quem está buscando uma especialização no Direito, vale a pena conferir algumas dicas!

Avalie o seu momento profissional

Antes de definir qual é a melhor área de especialização no Direito para você, avalie seu atual momento profissional. Muitos advogados acreditam que emendar a especialização logo após a graduação é uma boa estratégia. No entanto, a falta de experiência profissional pode prejudicar o aproveitamento do curso e pode também se mostrar a escolha errada. O ideal é buscar uma especialização em Direito que esteja alinhada com seus objetivos profissionais. E, para ter certeza de quais são eles, é preciso ter um pouco de vivência na advocacia.

Considere sua disponibilidade

Outro ponto importante na hora de escolher uma especialização no Direito é analisar a sua disponibilidade. Uma especialização é um investimento de tempo e dinheiro, por isso, pense com calma se você dispõe dos recursos necessários para fazer o curso. Tomar uma decisão precipitada, apenas com base na pressão do mercado, pode ter um custo alto! Por isso, pense com calma, faça os cálculos e, só então, faça a sua matrícula.

Pense nos seus objetivos profissionais

Uma especialização no Direito permite que o advogado aprimores seus conhecimentos de forma mais focada. Por isso, é essencial que o curso esteja alinhado com os seus objetivos profissionais. De nada adianta investir em uma especialização apenas para ampliar seu currículo. É preciso que o curso ofereça ao profissional mais conhecimento para que ele conquiste o que está buscando.

Se você quer abrir uma nova frente de atuação em seu escritório em Direito Digital, por exemplo, busque o melhor curso que poderá lhe oferecer os conhecimentos que você precisa.

Vale destacar que todos os anos determinadas áreas jurídicas acabam ganhando destaque. Seja por conta de mudanças sociais, seja em razão de alterações na legislação, é comum que exista um aumento de demanda sazonal para determinados ramos. Embora, muitas vezes esse aumento de demanda seja uma oportunidade, escolher uma especialização no Direito baseado nas tendências de mercado pode ser um grande erro. É mais importante que você escolha uma área que esteja alinhada com os seus objetivos profissionais e com o seu escritório.

[Você sabe quais são as áreas que tiveram destaque em 2018? Não deixe de conferir!]

Avalie a instituição de ensino e os professores

De nada adianta investir em um curso que não é reconhecido no mercado, bem como, não possui uma boa grade de professores. Além do certificado, é essencial estar em contato com profissionais da área jurídica que possam ampliar seus conhecimentos e ofereçam bons insights para a sua carreira. A especialização em Direito não serve apenas para a aumentar a sua compreensão sobre uma determinada área jurídica, ela também serve para ampliar seu networking profissional e até gerar novas oportunidades de negócios.

Analise a grade curricular

Quais são as matérias que serão abordadas durante o curso? Qual a metodologia utilizada? O curso tem uma abordagem mais teórica ou mais prática? Fazer essas perguntas e procurar saber ao máximo sobre a especialização no Direito é essencial se você quer fazer uma boa escolha. Converse com os responsáveis pelo curso na instituição escolhida e troque ideias com outros advogados que já fizeram o curso. Isso vai ajudá-lo a ter uma melhor compreensão sobre os conhecimentos transmitidos, bem como, vai ajudá-lo a tomar uma boa decisão.

Ainda em dúvida? Que tal experimentar a advocacia um pouco mais?

Se, mesmo depois de avaliar todos esses fatores, você ainda permanecer com dúvidas, talvez seja melhor aguardar e adquirir um pouco mais de experiência na advocacia. Uma especialização, ao contrário da graduação, oferece conhecimentos bastante específicos. Por isso, é fundamental que o advogado tenha clareza sobre os seus objetivos e saiba exatamente o que está buscando com o curso. Embora ter uma especialização seja sim um diferencial no mercado, de nada adianta investir tempo e dinheiro no curso errado. Às vezes é melhor adquirir mais experiência na sua área para, então, tomar a decisão correta.

Gostou dessas dicas? Confira também como usar o LinkedIn a favor da sua carreira jurídica! Clique aqui e saiba mais!