Escritório de advocacia obsoleto: evite esse mal

escritório de advocacia

Como em qualquer ramo de negócio, o escritório de advocacia também precisa se preocupar em não se tornar obsoleto. Esse é um mal que acomete toda sorte de empresas, que ao atingirem determinado patamar de rentabilidade, acreditam não ser necessário empreender nenhum esforço voltado a atualização.

No mercado jurídico, especificamente, há um falso entendimento de que basta voltar a atenção para as técnicas jurídicas, doutrina e jurisprudência, questões que dizem respeito diretamente a atividade advocatícia. No entanto, o que se exige nesse meio para atingir excelência vai muito além disso, sendo necessário acompanhar tendências no campo do marketing, gestão, relacionamento com o cliente e muitas outras áreas.

No artigo de hoje, listaremos alguns pontos relevantes para essa discussão e que merecem ser levados em consideração por parte de quem está à frente de um escritório de advocacia.

Mire em exemplos de excelência

Para cada ramo do Direito em que se atua, temos escritórios que despontam como “líderes do mercado” ou que são reconhecidos pela excelência dos serviços prestados. E ainda que o seu escritório de advocacia não esteja em condições de competir com uma organização dessa dimensão, vale focar nas iniciativas de sucesso levadas a curso. Afinal de contas, as boas ideias podem servir como inspiração.

Nesse sentido, vale o esforço de ponderar quais estratégias são aplicáveis a sua realidade e quais adaptações podem ser feitas. E aqui estamos falando de questões muito simples, que podem vir a ser até mesmo a apresentação institucional de um site e vão até tópicos de maior complexidade, como as estratégias empregadas em alguns casos que sejam de conhecimento público.

Acompanhe tendências do mercado jurídico

Mais que mirar em exemplos de excelência, é importante acompanhar tendências do mercado jurídico para que seu escritório não fique obsoleto. E para isso, é importante conferir conteúdo produzido por autoridades em seu segmento do Direito, seja em blogs, jornais, podcasts jurídicos e, até mesmo, redes sociais.

Com alguns minutos de dedicação diária, seja lendo ou ouvindo conteúdo relevante, é possível ter um bom panorama sobre notícias que movimentam o sistema de justiça no país e questões que têm movimentado o mercado jurídico. Não se esqueça que atividade de seu negócio não deve estar alheia a tudo isso.

Participe de espaços estratégicos

Se você e seus sócios não têm por hábito frequentar congressos, simpósios, workshops e demais espaços voltados a discutir melhores práticas na atividade advocatícia, é melhor repensar essa posição. Isso porque são nesses espaços que os demais escritórios e figuras destacadas no mercado jurídico vêm a público apresentar o que fazem de relevante.

E para além desse aprendizado adquirido simplesmente ao se fazer presente nesse espaço, o que já seria suficiente para a uma boa atualização, ainda é possível fortalecer sua rede de contatos e fechar parcerias estratégicas com quem também marca presença nesses eventos.

Invista em qualificação

O investimento em qualificação talvez seja a forma mais efetiva de manter seu escritório de advocacia atualizado. Cursos de curta, média e longa duração, em diferentes formatos, além de cumprir o papel de complementar a formação do profissional, é possível absorver, a partir de um ambiente muito rico de trocas, como são as salas de aula com professores e demais colegas de profissão, lições preciosas referenciada na experiência dos demais presentes.

Isso se dá, muitas vezes, em conversas informais, em que colegas expõe questões do dia a dia. E na mesma linha do que foi exposto no tópico anterior, esse pode ser o momento para estabelecer contatos estratégicos, que podem ser importantes no futuro.

Qual sua opinião sobre as como manter atualizado escritório de advocacia? Há alguma outra abordagem que você também acha efetiva? Registre sua opinião nos comentários!