Gestão de pessoas na advocacia: 5 coisas que você precisa começar a fazer!

⏰ TEMPO DE LEITURA: 4 MINUTOS |

Para evitar a redução da cartela de clientes e os prejuízos decorrentes da rotatividade, muitos escritórios estão atentos à gestão de pessoas na advocacia. Afinal, advocacia é uma profissão em que o fator pessoalidade conta bastante, e não são raros os casos em que o advogado deixa o escritório e acaba levando seus clientes junto.

Antes de contratar o escritório, o cliente contrata o advogado. Por isso, a maioria já percebeu que um time de profissionais estável, forte e engajado é o segredo do sucesso e a rentabilidade. Se o seu escritório ainda não conta com uma política de gestão de pessoas na advocacia, confira alguns passos que você deve realizar:

1. Processo seletivo e gestão de pessoas na advocacia

O primeiro passo para promover a gestão de pessoas na advocacia é apostar em um processo seletivo eficiente. Durante um bom tempo os escritórios contratavam profissionais apenas com base na análise do currículo e entrevista. Hoje, contudo, é preciso analisar o perfil e características subjetivas que demonstram que o candidato tem capacidade de gerar resultados para o escritório.

Para quem não conta com um RH, contratar empresas especializadas na seleção de talentos é um bom investimento.

2. Tenha um workflow estruturado

É muito importante que cada membro do escritório saiba exatamente quais são suas tarefas e responsabilidades. Isso melhora a produtividade do escritório, além de promover o melhor engajamento entre os profissionais. Ter tarefas pré-definidas e um workflow estruturado é essencial para que o trabalho em equipe gere melhores resultados para todos.

Se o seu escritório ainda não possui um workflow e as atividades dos membros se confundem, um software jurídico é uma ferramenta interessante. Além de organizar as rotinas de trabalho, com um sistema jurídico a execução de muitas tarefas fica mais simples e rápida.

3. Avalie o desempenho dos advogados

Além de criar um workflow, é essencial medir a produtividade e o desempenho dos profissionais. Somente assim é possível oferecer feedbacks reais e promover profissionais que se destacam. A avaliação também serve para motivar os profissionais e manter a seleção de talentos ativa, mesmo após a contratação.

Com um software jurídico, é possível gerar uma série de relatórios que permitem a avaliação de desempenho. Com essa ferramenta é possível fazer uma gestão de pessoas na advocacia muito mais focada em resultados, já que os dados são a base para a decisão dos gestores da banca.

4. Treine líderes e incentive delegar atividades

“Se você quer ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá acompanhado”. O provérbio africano diz muito sobre o trabalho em equipe e como ele pode trazer resultados e vida longa para um escritório. No entanto, para quem um time trabalhe com motivação e resultados é essencial desenvolver líderes que saibam delegar atividades e inspirar.

A maioria dos advogados sabe agir com autonomia. Mas muitos tem dificuldades de trabalhar em equipe. Para fazer uma boa gestão de pessoas na advocacia, o treinamento e desenvolvimento de líderes também é essencial. Somente com verdadeiros líderes na estrutura é possível montar um time de profissionais forte e focado em gerar resultados.

[Quer saber mais sobre como se transformar em um advogado gestor? Então, não deixe de conferir!]

5. Remunere de forma justa

Mais do que um plano de carreira com critérios sólidos, é essencial que o escritório se preocupe em remunerar de forma adequada. Um bom salário não é necessariamente um fator de motivação, porém salários que inadequados ou que remuneram de forma distintas profissionais de mesmo cargo, acabam sendo um fator desmotivador.

É essencial prever critérios de bonificação, bem como graduar a remuneração de acordo com o desempenho. Isso faz com que os profissionais se dediquem mais e se sintam motivados pelo desafio.

Implementar uma gestão de pessoas não é uma tarefa simples para nenhuma empresa. Nos escritórios de advocacia, isso não é diferente. Afinal, pessoas são movidas por questões diferentes e uma receita única para lidar com qualquer profissional simplesmente não existe! Além de implementar boas práticas, é essencial inovar e testar novas medidas que podem trazer mais satisfação e resultados.

Você já conhecia boas práticas para gestão na advocacia? Confira também como melhorar a comunicação interna do seu escritório. Clique aqui e saiba mais!