Home Office no mundo jurídico: como começar trabalhando de casa

Para advogados que estão começando, o home office pode ser uma ótima alternativa. Além de poupar os custos com o aluguel de um espaço, esse modelo de trabalho permite que o advogado concilie atividades pessoais e profissionais com mais equilíbrio.

Porém, embora trabalhar do conforto de casa favoreça a qualidade de vida, para ter resultados é preciso uma boa dose de disciplina, além de algumas medidas que podem fazer toda a diferença.

Para advogados que estão em busca de construir uma rotina saudável e produtiva trabalhando em home office, vale a pena conferir!

Home office na advocacia

O home office vem ganhando cada vez mais espaço na advocacia. Não apenas profissionais autônomos, como também os escritórios vêm apostando nesse modelo de trabalho. Embora o home office seja uma solução para adversidades como o estresse diário do trânsito ou o desequilíbrio entre a vida pessoal e profissional, a verdade é que sem uma estrutura mínima e um novo mindset ele pode acabar se transformando em um problema.

A advocacia conta com algumas peculiaridades e a reputação ainda tem um grande peso na hora de se fechar contratos. Por isso, é essencial ter alguns cuidados para evitar que a ideia do trabalho informal no home office acabe prejudicando não apenas a produtividade, como também o relacionamento com o cliente.

Imagem e confidencialidade

Por mais que o advogado opte pelo modelo de home office é uma boa ideia ter um espaço exclusivo para atender clientes e fazer reuniões. Mesmo com os avanços da tecnologia, a advocacia ainda é pautada na confidencialidade. Por isso, o contato pessoal com o cliente pode fazer toda a diferença na hora de construir um bom relacionamento e conquistar mais indicações no mercado.

Hoje existem coworkings que são focados no público jurídico. Mesmo que você prefira ter seu escritório em casa, vale a pena realizar reuniões nesses espaços, passando assim uma imagem mais sólida e confiável ao cliente.

Horários fixos e controle de horas

É muito fácil se perder na rotina quando se trabalha no home office. A quantidade de distrações é maior e as tarefas de casa podem prejudicar a execução do trabalho. Para evitar que isso aconteça, uma boa dica é estabelecer um horário fixo para o trabalho e controlar a quantidade de horas trabalhadas. Muitos advogados como cobram honorários por hora já estão habituados a ferramentas como o timesheet, por exemplo.

Ter esse controle e disciplina com os horários é essencial para conciliar a rotina doméstica com a rotina do trabalho, sem que o advogado se prejudique.

Medindo a produtividade

Outra boa dica para quem deseja trabalhar no home office é medir a produtividade. É essencial ter um controle daquilo que você executa diariamente. Isso vai fazer com que você se organize melhor na sua rotina e não deixe que algumas distrações acabem te atrapalhando. O grande segredo do home office é usar o conforto e a flexibilidade à favor do seu trabalho e dos seus resultados e não o contrário.

Ter um software jurídico, por exemplo, é uma ótima ferramenta para organizar sua rotina e auxiliá-lo na hora de medir e melhorar a sua produtividade.

[Veja como usar um software jurídico para aumentar a sua produtividade e ter mais resultados na advocacia!]

Tenha as ferramentas certas!

Para prestar bons serviços jurídicos diretamente de casa é essencial contar com as ferramentas corretas. Lembre-se que, em casa, você não tem espaço para criar um arquivo com documentos de clientes e inúmeras pastas, por exemplo. O ideal é ter uma ferramenta que armazene todas as informações de seus clientes de forma digital, transformando seu laptop ou computador em um escritório portátil.

Somente através de um software jurídico é possível fazer esse tipo de armazenamento de forma organizada e eficiente. Com um bom software é possível encontrar informações dos seus clientes em poucos cliques, facilitando não apenas o trabalho como também o atendimento e o suporte do cliente.

Ter um site jurídico também é outra ferramenta essencial. Já que através dele você é capaz de atrair potenciais clientes e criar uma boa presença online, sem necessitar de um espaço físico. Para quem quer atuar no home office, ter o seu escritório digital, ou seja, o seu site jurídico, também é fundamental.

Trabalhar em home office, sem dúvida, pode representar um enorme ganho de qualidade de vida. Porém, mais do que trabalhar em casa, o home office exige sim que o profissional crie certas estratégias e utilize as ferramentas certas para que o trabalho possa gerar resultados.

Gostou dessas dicas? Veja também como atrair mais clientes para o seu site jurídico sem precisar sair do home office! Clique aqui e saiba mais!