Porque é importante ter um site para o seu escritório de advocacia.

Porque é importante ter um site para o seu escritório de advocacia.

Nosso País já conta com mais de 139 milhões de usuários da internet. Toda essa audiência utiliza a rede mundial de computadores para, entre outras coisas, buscar produtos e serviços. No caso da advocacia, isso não é diferente.

Hoje, tudo acontece no Google. Sim, segundo a plataforma alemã CupoNation, o Brasil foi o segundo País do mundo em geração de tráfego para o Google no último trimestre de 2020, com 92,58% de pessoas utilizando o sistema da gigante das buscas, e fica atrás apenas da Índia.

Portanto, embora muitos dos seus clientes tenham chegado por indicação, uma coisa é certa: eles pesquisaram a reputação do seu escritório no Google antes de agendar uma conversa. Então, se você é advogado e ainda não dá a devida atenção ao site do seu escritório, chegou a hora de rever os seus conceitos.

Separamos um rápido checklist para te ajudar a começar. Confira o artigo!

1. Comece com uma boa estrutura!

Antes mesmo de adquirir um domínio, escolher a hospedagem e a melhor plataforma para o site, é importante pensar em como você gostaria que fosse a estrutura dele. Para isso, lápis e papel na mão! Anote as informações básicas sobre o seu negócio e o que precisa entrar no site.

Lembre-se: um site é como um cartão de visita virtual e pode ser o primeiro contato de um potencial cliente com você. Então, comece pelo começo. Dados como a apresentação do escritório, áreas de atuação, quem são os profissionais e contato são itens que não podem ficar de fora.

Além disso, ter um espaço para publicar conteúdo de qualidade é essencial, uma vez que o material vai servir também para divulgar o seu escritório com propriedade.

2. Registre o domínio.

Depois de pensar na estrutura do seu site, chegou a hora de registrar o domínio.

O domínio é o endereço do seu site na internet, ou seja, como os usuários conseguem te encontrar. A partir do momento que você tem o seu domínio registrado, você tem exclusividade sobre ele e ninguém mais poderá utilizá-lo.

Para registrar o domínio do seu site, basta acessar o site do Registro.br ou contratar uma empresa especializada. Uma dica: escolhendo a segunda opção, você não se preocupa com absolutamente nada.

Quanto ao nome, também temos uma sugestão. Como as sociedades de advogados costumam ter o nome dos sócios, o domínio costuma ser o nome do escritório + “.com.br”. Caso o nome do seu escritório seja muito grande, você pode usar apenas as suas iniciais.

3. Escolha a hospedagem.

Depois de escolher o seu domínio, chegou a hora de contratar um serviço de hospedagem. Este tipo de serviço serve para manter o seu site no ar e em pleno funcionamento, com as informações salvas e em segurança, caso você precise de um backup do site, por exemplo.

Hoje existem opções tanto pagas quanto gratuitas de hospedagem. No entanto, vale a pena investir no serviço. Afinal, além de barato, os serviços pagos beneficiam a visibilidade do seu site e impedem que ele saia do ar.

Algumas opções como Hostgator ou Kinghost possuem planos acessíveis, mas nossa dica valiosa é a seguinte: se você puder escolher um serviço de hospedagem criado especialmente para advogados, opte por ele.

4. Escolha com critério a plataforma para montar o site.

Chegou a hora de construir o seu site e publicá-lo. Para isso, será necessário buscar uma plataforma. Hoje existem inúmeras como o WordPress, Blogger, Google Sites e Wix.

Antes de escolher a sua plataforma, no entanto, avalie quais são as possibilidades de layouts e se os modelos / templates disponíveis podem ser customizados.

Verificar a usabilidade também é interessante já que, quanto mais fácil e intuitiva for a interface, menos tempo o advogado perderá para criar um site profissional, atraente e de fácil navegação. Ter uma boa presença online é imprescindível para qualquer advogado. Se você quer ser encontrado pelos seus clientes e ganhar mais visibilidade, não deixe de montar o seu site o quanto antes.

Agora você já sabe por onde começar, o PROMAD tem mais uma dica valiosa para te dar: conheça melhor o nosso serviço de Site para Advogados. Podemos te ajudar a obter um site profissional em poucos cliques, de forma rápida e intuitiva.

Aqui no blog do PROMAD você encontra outros artigos sobre o tema para ler antes de partir para a ação. E lembre-se, os advogados conectados às evoluções tecnológicas do Direito estarão sempre na frente da concorrência.

Deixe uma resposta