Software para advogados: acerte na escolha e simplifique os processos.

Software para advogados: acerte na escolha e simplifique os processos.

Um bom software para advogados pode fazer toda a diferença na sua rotina de trabalho, aumentando significativamente a sua produtividade, melhorando a organização das informações e dos documentos do seu escritório, além de facilitar o seu controle de eventos e tarefas.

Então, se você clicou nesse artigo, a pergunta que deve ecoar na sua cabeça no momento é: como escolher o melhor software para advogados?

Nesse texto vamos te dar algumas dicas para você acertar na escolha. Boa leitura.

O que é um software para advogados?

Antes de falarmos da escolha em si, é preciso compreender o que é um software jurídico e porque ele pode ajudá-lo. Basicamente, um software jurídico ou um software para advogados é um programa que automatiza incumbências repetitivas e burocráticas e ajuda você na gestão do escritório.

Por exemplo, um bom software permite que você receba notificações de intimações e andamentos dos processos de forma integrada a outras funcionalidades como cadastro de clientes ou organização financeira.

Além disso, um software desse tipo vai aumentar a eficiência e a produtividade do seu escritório, pois ele facilita a gestão do atendimento de clientes, da sua equipe, das finanças, dos prazos que devem ser cumpridos, além de descomplicar o controle e armazenamento de documentos.

Como escolher um software jurídico?

O primeiro passo é entender quais são as maiores deficiências do seu escritório e como um software para advogados poderá dinamizar as suas rotinas. É necessário entender quais as dificuldades que podem ser dissipadas com a aquisição de um software.

A partir daí você já pode começar a sua busca pela ferramenta que mais te apoia nos principais desafios que você tem na sua rotina. Além disso, seja objetivo e pesquise. Afinal, você não quer contratar um software e pagar por módulos e funcionalidades que não serão usadas ou estejam abaixo das suas expectativas em termos de eficiência.

O sistema precisa solucionar os seus problemas, ser eficiente, fácil de usar e ter um suporte completo. Você pode consultar o material de apoio e divulgação da empresa detentora do software, ler reviews e procurar avaliações de clientes na internet.

Outro ponto importante é avaliar o custo-benefício. Quanto à escolha do melhor software para advogados, não há dúvidas de que o preço da ferramenta é um fator decisivo. Por isso, é necessário explorar as opções que você tem no mercado e dentro das próprias empresas. Por exemplo, você pode ter a escolha de fazer um plano anual ou mensal.

Procure por um software para advogados que seja seguro e 100% online. É essencial que você se certifique que as maiores exigências de segurança sejam atendidas. Recomenda-se também que as informações geridas pelo sistema estejam na nuvem, dessa forma, a empresa que oferece o software é quem fica responsável pelos dados e não há necessidade de adquirir um servidor para armazenar dados e backups do sistema.

Também é essencial que você entenda quais mudanças deverão ser feitas no seu dia a dia. Alguns dos processos que fazem parte da rotina da sua equipe deverão se adaptar à utilização de um software para advogados.

Portanto é importante entender de antemão quais são as rotinas que você pretende automatizar e qual a melhor estratégia para fazer esses ajustes de maneira suave e eficiente.

Ainda em dúvida? Anote as dicas.

Siga os seguintes pontos para escolher o melhor software para a sua rotina jurídica:

1. Saiba bem quais são as soluções que você está buscando;

2. Pesquise extensivamente as opções do mercado para ser objetivo;

3. Avalie o custo-benefício da opção que você mais gostou;

4. Procure uma plataforma online e segura;

5. Avalie o grau de dificuldade do processo de adaptação à ferramenta.

A tecnologia chegou na advocacia para ficar e os softwares jurídicos, sem dúvida, são ferramentas estratégicas no estimulo da produtividade da sua equipe. Por isso, escolha bem a ferramenta para o seu escritório.

É isso. Agora que você já sabe o que precisa para investir em mais tecnologia para o seu escritório de advocacia, está na hora de tomar uma atitude.

A primeira ação a ser tomada é contar com um bom software jurídico para seu escritório. O Integra, ferramenta desenvolvida pelo PROMAD em 2008, é líder no segmento e foi pensado para aprimorar a organização das suas rotinas jurídicas.

Atualmente, mais de 80 mil advogados em todo o Brasil utilizam o software. Pensado para cuidar da gestão de escritórios jurídicos, o Integra te ajuda, por exemplo, com a agenda, o fluxo de caixa, captura de intimações de sistemas eletrônicos entre outras funcionalidades.

Acesse www.promad.adv.br e conheça melhor o Integra, o software jurídico do advogado brasileiro.

Deixe uma resposta