Como aumentar a produtividade na advocacia com um Software Jurídico

⏰ TEMPO DE LEITURA: 4 MINUTOS |

Software jurídico e produtividade são termos que combinam (e muito!), você concorda? E em um mercado competitivo como o da advocacia, buscar aumentar a produtividade deixou de ser um diferencial. Hoje, todo advogado sabe que tempo é dinheiro. Não por outra razão, o segredo do sucesso de muitos escritórios está ligado a capacidade de fazer mais em menos tempo.

Então como aumentar a produtividade na advocacia? A tecnologia pode ser a resposta! Com a evolução dos softwares jurídicos, os advogados têm mais recursos para alcançar a alta performance. Quer saber como? Continue a leitura e descubra a relação direta que existe entre software jurídico e produtividade:

1. Software jurídico e produtividade: automatize as atividades de suporte

Para que a alta produtividade seja uma realidade no dia a dia da advocacia é essencial observar a rotina dos escritórios, onde é necessária uma série de atividades de suporte. Conferir publicações, agendar prazos, buscar o andamento nos sites dos tribunais… Quando isso não é feito de forma automática, pode ter certeza que um time de advogados e estagiários está consumindo tempo com isso – sem precisar!

Alguns softwares hoje são capazes de automatizar tarefas, especialmente relacionadas ao andamento de processos. Buscar publicações nos sites do Diário Oficial? Isso definitivamente é algo do passado! Com os softwares, as publicações são registradas de forma automática, melhorando assim a produtividade.

2. Não perca tempo encontrando documentos

Documentos têm um papel importante na rotina dos escritórios de advocacia. Por isso, tê-los organizados é o primeiro passo para ter um dia a dia mais eficiente. Porém, não é só isso. Muitas vezes dois advogados precisam consultar um documento simultaneamente e quando os documentos não estão disponíveis no meio digital é comum perder tempo para encontrá-los. Com um software jurídico é possível fazer uma gestão de documentos bem mais eficiente, encontrando aquilo que você precisa em um clique.

3. Aproveite melhor os seus deslocamentos e o home office

A maioria das empresas já sabe que flexibilidade na rotina é o segredo da produtividade de muitos funcionários. Não por outra razão, cada dia mais as empresas estão adotando o home office como alternativa. Na advocacia, isso também pode ser uma realidade. Como alguns softwares contam com a tecnologia mobile, o advogado pode trabalhar de onde quiser, com segurança, sem precisar se deslocar.

Além disso, acessando o software do seu celular, por exemplo, ele pode ter todas as informações que precisa para se preparar melhor para uma audiência ou uma reunião com clientes.

4. Tenha uma biblioteca de modelos de peças e contratos

Redigir uma peça ou um contrato do zero leva bastante tempo. Porém, usar modelos da internet pode ser um tanto quanto arriscado. Seu escritório tem boa peças? Então por que não utilizá-las de modelo para outras causas similares? Além de ganhar tempo, o advogado não se desgasta escrevendo as mesmas coisas.

Com um software jurídico é possível construir uma biblioteca de modelos de peças jurídicas que podem ser consultadas por todos. Além de facilitar o dia a dia, esse tipo de ação minimiza os riscos de pegar uma peça da internet com conceitos equivocados e fazer dela a defesa do seu cliente.

[Quer saber mais sobre como construir sua biblioteca de modelos de peças? Não deixe de conferir!]

5. Descentralize o atendimento

Você sabia que a cada vez que você é interrompido o seu cérebro demora cerca de 25 minutos para retomar o mesmo estágio de concentração? Essa talvez seja a explicação do porque você não consegue finalizar aquele agravo de instrumento. Afinal, a cada 15 minutos tem um novo cliente ligando. Para evitar esse tipo de situação e a perda de clientes, a melhor maneira é descentralizando o atendimento.

Com um software jurídico é possível registrar e organizar todas as informações dos seus clientes, facilitando que o atendimento seja feito por qualquer membro do time. Basta abrir o sistema, checar as informações e pronto, o advogado tem tudo o que precisa para orientar seu cliente.

A tecnologia chegou na advocacia para ficar. Para ser mais produtivo, um software jurídico sem dúvida é uma ferramenta que tem muito a acrescentar! Software jurídico e produtividade hoje são duas coisas que não se desconectam. Por isso, vale a pena escolher a melhor ferramenta para o seu escritório.

Gostou dessas dicas sobre software jurídico e produtividade? Então, não deixe de conferir também os avanços da Jurimetria na advocacia. Clique aqui e saiba mais!