Como evitar problemas com clientes no escritório de advocacia?

Muitos advogados chegam ao mercado de trabalho possuindo uma ótima formação. Porém, para quem busca se destacar na carreira jurídica, conhecimento nem sempre é o suficiente. É necessário que o advogado vá além e aprenda a administrar o seu escritório, seus colaboradores e, principalmente, sua cartela de clientes.

No início, é muito comum que o advogado atue de forma autônoma, fazendo tudo sozinho. Porém, desde o início, é fundamental que o profissional saiba lidar com seus clientes e dominar estratégias para evitar problemas com eles. Lidar com clientes é um desafio para qualquer profissional, pois é necessário criar um relacionamento positivo, sem deixar de impor alguns limites.

Quer saber o que fazer para evitar problemas com clientes no seu escritório de advocacia? Então não deixe de conferir as dicas que separamos!

Desenvolva uma relação de confiança

Muitos dos clientes que vão bater à sua porta não gostariam de ter que contratar um advogado. Eles estão com problemas e precisarão do auxílio de um estranho para chegar até à Justiça. Por isso, é fundamental contar com uma boa dose de empatia com a situação do cliente. Ao mesmo tempo, demonstre quais são as possíveis estratégias jurídicas que podem resolver o seu caso.

É fundamental que o advogado seja didático e procure explicar com clareza e sem o uso de termos jurídicos como os serviços serão prestados. É preciso ter cautela ao esclarecer quais são as medidas que podem ser tomadas a favor dos direitos e dos interesses do seu cliente.

Esse tipo de postura promove uma relação de confiança entre o cliente e o advogado, evitando uma série de problemas com clientes no futuro.

Tenha uma comunicação eficiente

Um dos grandes desafios dos advogados é manter uma comunicação eficiente com seus clientes. Especialmente no início da carreira, é muito comum que o advogado acumule uma série de funções. E, como todos sabem, não é possível atender um cliente ao telefone e redigir uma peça jurídica ao mesmo tempo. Portanto, é necessário estabelecer prioridades.

Uma boa estratégia utilizada por muitos profissionais é automatizar parte da comunicação por meio de softwares jurídicos. Através dessas ferramentas, o advogado pode enviar de forma automáticas as principais informações sobre o processo, por exemplo. Assim, a comunicação se torna mais transparente e a quantidade de dúvidas dos clientes tende a reduzir.

Esse tipo de comunicação, usando um software jurídico, também evita aquela típica sensação de muitos clientes de que você não está cuidando suficientemente bem dos casos deles.

Não cobre honorários baixos apenas para conquistar mais clientes

Um dos erros comuns cometidos por Jovens Advogados é cobrar honorários baixos, buscando assim atrair mais clientes. Porém, muitos profissionais não percebem que esse tipo de conduta acaba tornando-se uma espécie de círculo vicioso que, ao final, trará muito trabalho e pouco resultado financeiro.

Quando você atrai um cliente por um valor baixo e realiza um bom serviço, a tendência é que esse cliente te indique para um colega, amigo ou conhecido. Resultado: você consegue ter um novo cliente, porém não conseguirá cobrar a mais. No fim das contas, você pode acabar com a agenda cheia e a conta bancária mais vazia do que desejava.

Cobre sempre honorários de forma justa. Saiba realmente quanto custam os seus serviços e tenha uma margem de lucro que possibilite negociação. Advogados que não fazem esses cálculos e apenas trabalham com honorários baixos costumam se desgastar muito. Com isso, as chances de surgirem problemas com clientes são imensas.

Inadimplência: a inimiga da boa convivência

Além de assinar um bom contrato de honorários, você pode utilizar algumas estratégias de cobrança que ajudam a evitar a inadimplência. Existem muitos clientes que esquecem de pagar os honorários, então que tal enviar um lembrete avisando sobre o vencimento das parcelas alguns dias antes? Essa atitude simples pode ser muito eficiente, especialmente no caso de clientes esquecidos. Além de auxiliar na boa convivência com o cliente, evita que você trabalhe em cima de eventuais execuções e protestos sem necessidade.

A cobrança feita de forma amistosa pode gerar bons resultados. Não é à toa que muitas empresas de cobrança utilizam esse tipo de estratégia.


Qual técnica você utiliza para evitar dificuldades com clientes com seus clientes? Deixe nos comentários abaixo e compartilhe sua experiência!