Dicas práticas de networking para advogados

networking-para-advogados

Em um mercado concorrido como é o jurídico, o advogado deve estar atento a todas as oportunidades para conquistar novos clientes. E uma das formas mais efetivas de aumentar a sua cartela é através de bons contatos. Por isso, é preciso ser estratégico e buscar as ferramentas corretas para construir um bom networking para advogados.

Porém, é comum que muitos profissionais não saibam como ampliar a sua rede de contatos e fazer bons negócios e parcerias. Para ajudar você nessa tarefa, confira algumas dicas práticas que separamos!

Tenha um cartão de visitas e o material institucional do seu escritório

Provavelmente você conhece aquela famosa frase que diz “quem não é visto, não é lembrado”, correto? Pois na hora de construir uma boa rede de contatos, além de causar uma boa impressão, é fundamental que seus parceiros se lembrem de você e do seu escritório. Ou seja, você precisa fazer ser visto para que seja lembrado. Um cartão de visitas e um material institucional são itens que não podem faltar para o advogado que quer potencializar seu networking.

Desenvolva um bom pitch

Um pitch nada mais é do que uma apresentação resumida sobre o seu negócio visando despertar o interesse de um terceiro, seja ele um cliente ou parceiro. Um pitch deve contar com informações essenciais e diferenciadas sobre você e o seu escritório.

Mas por que eu preciso de um? A gente explica: um bom pitch é essencial para quem deseja ampliar o seu networking. Afinal, possuir uma apresentação definida dos seus serviços mostra o quão interessante seu escritório pode ser para futuras parcerias. Aposte em um pitch bem feito e demonstre segurança e confiabilidade!

Não encare os outros advogados como concorrentes

Que o mercado da advocacia é extremamente competitivo, você já sabe. Porém, a concorrência acirrada não significa que todo advogado é um potencial concorrente. Procure identificar os possíveis bons parceiros e contatos no seu nicho de atuação. Até os profissionais que atuam na mesma área que você podem indicar clientes ou desenvolver trabalhos em parceria.

Procure profissionais de áreas complementares

Várias são as atitudes que você pode tomar para ampliar a sua rede de contatos. Mas a melhor estratégia para construir um bom networking para advogados é buscar profissionais que atuem em áreas complementares à sua. Se você é um advogado especializado em Direito Tributário, por exemplo, você pode buscar os que atuam com Societário. Da mesma forma, se você atua com Direito Consultivo, pode buscar profissionais que atuem no Contencioso. Existem muitas áreas e formas de atuação que se completam e podem gerar uma ótima rede de indicação de trabalhos.

[Você sabe como fazer um bom marketing pessoal e chamar a atenção de clientes e parceiros? Então, não deixe de conferir nossas dicas!]

Fique de olho em todas as oportunidades

Muitos advogados acreditam que, para construir uma boa rede de contatos, é fundamental marcar presença apenas em eventos relacionados à sua área. No entanto, um potencial cliente ou um profissional parceiro podem estar em qualquer tipo de evento, seja ele social ou profissional. Para quem quer construir um bom networking para advogados, é necessário mais do que ficar focado em eventos específicos. É fundamental ficar atento a todas as oportunidades que possibilitem a troca de ideias com outras pessoas.

Use as redes sociais para construir um bom networking para advogados

As redes sociais se transformaram em grandes aliada dos advogados. No entanto, muitos profissionais ainda resistem ao uso desse tipo de ferramenta. O LinkedIn é gratuito que tem um enorme potencial de conectar o advogado a clientes e parceiros. Por isso, acredite, ter um perfil nesta rede social é essencial! A partir daí, inclua na sua agenda uma busca periódica de contatos. Essa é uma ação essencial a todo profissional que quer ampliar sua rede de contatos e sua cartela.

Procure ouvir seus parceiros e estabelecer relações de ganha-ganha

Uma das grandes falhas de profissionais que não conseguem desenvolver um bom networking é não saber escutar. Lembre-se que toda rede de contatos é formada a partir de uma relação de ganha-ganha. Em outras palavras, o advogado com quem você pretende fazer uma parceria também precisa entender quais as vantagens de lhe indicar clientes. Ouvir a outra parte e saber como você pode ajudá-lo é o passo inicial para construir boas relações. É a partir daí que será possível ampliar a sua rede de relacionamentos.

Uma boa rede de contatos poupa esforços e investimentos na hora de prospectar clientes. Por essa e outras razões citadas acima, vale a pena investir em um bom networking para advogados!

Gostou dessas dicas? Então, não deixe de saber mais sobre como enxergar seu escritório como um negócio para se posicionar de forma estratégica no mercado. Clique aqui e confira!

networking-para-advogados