Saiba por que todo advogado deveria ter um perfil no LinkedIn

Para quem deseja ampliar o seu networking, as redes sociais são uma ótima ferramenta. No contexto jurídico, usar estrategicamente uma rede social possibilita ampliar a cartela de clientes e gerar melhores resultados para o escritório. Um perfil de advogado no LinkedIn, por exemplo, ajuda o profissional a se conectar com parceiros e potenciais clientes. Isso sem contar que essa ferramenta pode ser um ótimo recurso para mostrar a autoridade sobre alguma área ou tema do Direito.

O LinkedIn é uma rede social profissional que pode gerar excelentes conexões para o advogado. Para quem nunca pensou em ter um perfil no LinkedIn ou mesmo não sabe como aproveitar todo o potencial dessa rede social para advogados, continue a leitura!

Conecte-se com potenciais clientes

Durante muito tempo, os advogados apostaram na qualidade dos serviços jurídicos e na reputação do escritório para chamar a atenção no mercado. Hoje, porém, mais do que ser um escritório renomado, também é preciso aparecer como um escritório renomado.

Uma boa presença online vem auxiliando advogados na hora de se destacar. Ter um perfil de advogado no LinkedIn é uma excelente forma de compartilhar conteúdos úteis para a sua clientela. Assim, é possível atrair sua atenção e demonstrar domínio sobre determinados temas. Além disso, estes conteúdos podem ajudar seu potencial cliente a solucionar suas questões jurídicas.

[Quer saber como criar conteúdo para atrair potenciais clientes? Confira nossas dicas!]

Encontre parceiros através do LinkedIn

Além de encontrar potenciais clientes, o LinkedIn também é uma ótima rede social para advogados que buscam parcerias. Ao se conectar com profissionais de áreas complementares, por exemplo, o advogado potencializa a prospecção. Afinal, ambos podem se indicar mutuamente para clientes que precisam dos seus serviços.

O LinkedIn também é bastante útil para que advogados encontrem profissionais para outras tarefas relacionadas ao escritório. Advogados correspondentes, paralegal e até mesmo designeres, por exemplo, podem ser encontrados pela rede.

Promova seus serviços sem ferir o Código de Ética

Estar presente nas redes sociais é uma atitude essencial no marketing jurídico. No entanto, o advogado que pretende usar o LinkedIn para ter mais resultados para o seu escritório, deve estar atento às diretrizes do Código de Ética.

Descrever seus serviços, expor preços e colocar o número de telefone ao lado de um ostensivo “contrate-me” são práticas vedadas pelo Código de Ética. Da mesma maneira, também não se deve associar seus serviços a outros que não tenham natureza jurídica. E mais: enviar mensagens para clientes que não tenham lhe procurado pode gerar questionamentos e até sanções junto a OAB!

Conquiste recomendações

A maioria dos escritórios vem investindo em uma boa experiência para os seus clientes. Afinal, clientes satisfeitos recomendam seus serviços, minimizando o trabalho da prospecção. O velho “boca a boca” é uma das melhores formas de atrair novos clientes e, consequentemente, melhorar a rentabilidade da sua banca.

Um perfil de advogado no LinkedIn é interessante justamente por permite que esse “boca a boca” seja digital. Isso porque a ferramenta conta com um recurso onde clientes e colegas podem te recomendar. Aproveite: melhore a sua reputação e atrair ainda mais potenciais clientes!

Troque conhecimentos e aprenda

Além de beneficiar a imagem do profissional, o LinkedIn é um excelente canal para advogados que querem aprender e trocar conhecimentos. Por meio de grupos e fóruns existentes na rede, o advogado pode trocar ideias com outros profissionais e até encontrar respostas interessantes para os casos que representa. Sim, o LinkedIn é uma fonte de conhecimento que pode gerar ideias, respostas e até caminhos para novas teses jurídicas.

Em tempos onde o mercado jurídico anda tão concorrido, o advogado não pode fechar os olhos para as inovações que estão ao seu alcance. O LinkedIn também é gratuito, ou seja, não existe desculpa para não criar seu perfil e tirar o melhor proveito dessa ferramenta!

Gostou dessas dicas? Você utiliza o LinkedIn? Acha que é uma boa rede social para advogados? Confira também porque você advogado deveria investir em um site! Clique aqui e saiba mais!