5 razões para ter um cadastro atualizado de clientes.

5 razões para ter um cadastro atualizado de clientes.

Você sabia que um bom relacionamento entre advogado e cliente é o fator decisivo no momento da contratação de serviços jurídicos? No entanto, à medida em que a sua cartela de clientes aumenta, fica cada vez mais difícil oferecer um atendimento individualizado e de qualidade para todos.

A questão então é: como solucionar esse problema, já que a falta de atenção aos clientes pode promover até mesmo o fim de um contrato? A resposta é: por meio de um cadastro atualizado.

Um cadastro bem administrado, oferece suporte à diversas áreas de atuação do escritório, desde o atendimento individualizado, até a comunicação mais genérica. Por isso, dar a devida atenção ao cadastro de clientes é fundamental, especialmente no que se refere à atualização.

E então, está pronto para atualizar o seu cadastro? Se você não possui alguém responsável no escritório para te ajudar nessa questão, ou quer resolver o problema sozinho, esse artigo vai te ajudar a chegar lá de um jeito mais fácil. Boa leitura!

1. Avisar seus clientes sobre atualizações de forma eficiente.

Uma das principais funções de um cadastro atualizado de clientes é mantê-los informados sobre fatos que são do seu interesse. O início das férias forenses, a entrada de um novo advogado no time do escritório e até um novo posicionamento da jurisprudência são apenas alguns exemplos de fatos que podem impactar o dia a dia dos seus clientes.

Porém, de nada adianta fazer a comunicação de questões importantes se elas não chegam ao seu destinatário final. E é justamente por isso que é fundamental promover a atualização do seu cadastro de forma periódica, criteriosa e constante.

2. Melhorar o relacionamento.

Enviar uma mensagem no aniversário, em datas comemorativas, ou ainda, encaminhar informações relativas aos casos e processos dos clientes. Todas essas condutas demonstram cuidado e atenção com o cliente e ajudam a melhorar o relacionamento. Nada melhor do que uma boa comunicação
para estabelecer um vínculo de confiança e segurança. E certamente, com um cadastro atualizado, isso fica muito mais fácil.

Um cliente que gosta dos seus serviços, pode não só contratá-lo para novas demandas como também te indicar para amigos e familiares. Fidelizar um cliente, como bem sabemos, é muito mais barato e eficiente do que investir em prospecção. Por isso, não deixe de lado ferramentas importantes – como um bom cadastro de clientes – para fidelizar cada vez mais a sua cartela.

3. Melhorar o atendimento.

Os seus clientes pagam valores consideráveis pelos serviços jurídicos e, portanto, merecem um tratamento exclusivo. No entanto, os advogados também possuem uma agenda atribulada e, como precisam dar conta de todas as tarefas, fica inviável passar horas ao telefone ou fazendo reuniões
apenas com o objetivo de dar mais atenção ao cliente.

Para evitar a insatisfação, o segredo é investir em um bom atendimento por parte de todos os advogados. Em outras palavras, independentemente de quem atender o cliente no escritório, é preciso que o cliente saia satisfeito. Uma boa ficha de cadastro e a atualização oferecem ao advogado todas as informações que ele precisa para atender o cliente. O cadastro beneficia não apenas o cliente, mas também toda a integração e o engajamento do seu time.

4. Diminuir os índices de inadimplência.

Diante de uma rotina corrida, é cada vez mais comum lidar com casos de clientes que simplesmente se esquecem de pagar os seus honorários. Obviamente, todo escritório tem medidas para lidar com a inadimplência. Mas, por que não evitar esse tipo de transtorno? Diversas empresas de cobrança utilizam os lembretes como um recurso para evitar a inadimplência. E, acredite, eles trazem resultados expressivos.

Então, que tal utilizar o seu cadastro de clientes para enviar lembretes sobre o pagamento dos honorários? Esta é uma medida simples que pode contribuir com a saúde financeira do seu escritório sem maiores transtornos. Porém, novamente, é necessário que o lembrete chegue até o cliente.

5. Aprimorar o marketing jurídico.

Como todo advogado sabe, a OAB restringe uma série de ações quando se trata de promover os serviços jurídicos. Por isso, é muito importante ter o cuidado de não transformar o seu banco de dados de clientes em um mailing de vendas. Se for utilizá-lo como base para um e-mail marketing,
certifique-se de que o conteúdo difundido tem caráter de informação e não de promoção dos seus serviços jurídicos.

Viu só? O cadastro de clientes é uma ferramenta essencial para os escritórios de advocacia. Por isso, não abra mão deste recurso. A boa notícia é que o advogado não precisa mais de complexas planilhas para manter um cadastro atualizado de clientes. Com o auxílio de softwares jurídicos, o profissional tem à sua disposição recursos eficientes que otimizam o processo de cadastramento e também de atualização.

Contar com esse recurso pode significar não apenas clientes satisfeitos, como também agilidade e economia de tempo. Agora que você já sabe por onde começar chegou a hora de alinhar o seu atendimento ao cliente às suas rotinas jurídicas.

O primeiro passo para adotar as boas práticas de gestão do Direito é contar com um bom software jurídico no seu escritório. O Integra, ferramenta desenvolvida pelo PROMAD em 2008, é líder no segmento e foi pensado para aprimorar as suas rotinas.

Atualmente, mais de 80 mil advogados em todo o Brasil utilizam o software. Pensado para cuidar da gestão de escritórios jurídicos, o Integra te ajuda, por exemplo, com o seu cadastro de clientes, agenda, fluxo de caixa, captura de intimações de sistemas eletrônicos entre outras funcionalidades.

Acesse www.promad.adv.br e conheça melhor o Integra, o software jurídico do advogado brasileiro.

Deixe uma resposta