O Direito e o novo normal. Aproveite a crise para se reinventar.

O Direito e o novo normal. Aproveite a crise para se reinventar.

Estamos passando por um momento de profundas transformações sociais e econômicas.

Nesse exato minuto, muitas pessoas estão preocupadas – algumas desesperadas – com a ideia de que o mundo que conheciam não existe mais. Assim, a incerteza do novo segue tirando o sono de empresários e profissionais em todo o planeta.

Quando sairmos do isolamento, vamos nos deparar com uma dinâmica completamente diferente do que deixamos quando nos recolhemos para nossas casas no intuito de combater a pandemia do COVID-19.

De uma hora para outra, todos tivemos que encarar o “novo normal”, realidade que exige de nós brasileiros planejamento e disciplina, temas que, culturalmente, não fazem parte da nossa rotina.

Esse cenário teve um impacto inimaginável no trabalho da maioria das atividades de praticamente todos os setores econômicos. Assim, o que antes podia ser apenas uma possibilidade agora é uma realidade: o home office.

A nova realidade dos escritórios de advocacia com a quarentena.

O modelo convencional de escritório jurídico foi pensado para receber clientes e ambientar equipes de trabalho.
Essa configuração precisou ser abandonada de uma hora para outra.

A mudança teve reflexos não apenas nas dinâmicas sociais e trabalhistas. Algumas delas têm sido percebidas como extremamente positivas. Se por um lado deixamos de ter um ambiente “controlado” e coletivo, no qual podemos supervisionar a produtividade de cada membro da equipe, por outro lado ganhamos muito em qualidade de vida e na redução drástica de custos.

O fato de não precisarmos mais nos deslocar até o escritório reservou mais tempo para diversas atividades pessoais, como estudar, ver séries, brincar com os filhos, ou mesmo aprender alguma nova habilidade para mantermos a “sanidade” durante o isolamento.

Nos primeiros meses de isolamento foi perceptível a redução de custos como energia, água, telefonia, impressões e insumos.

Mas, se o home office trouxe essas vantagens, por outro lado ele ofereceu alguns desafios, dentre eles a manutenção da produtividade e o foco no trabalho já que, trabalhando em casa, nos vemos rodeados de possibilidades de distração.

Como conciliar liberdade e produtividade.

O primeiro passo é contar com um bom software jurídico para a automatização de processos.

Uma plataforma que te ajude na gestão de rotinas processuais, inclusive na gestão de pessoas, certamente vai aumentar o seu desempenho no home-office.

O Integra, software jurídico do PROMAD, conta com a plataforma mais completa de gestão jurídica do País, e automatiza as suas rotinas processuais de um modo simples e intuitivo.


Acesse www.promad.adv.br e conheça melhor o Integra, o software jurídico do advogado brasileiro.

Deixe uma resposta