Gerenciamento de processos judiciais: ferramentas e práticas para otimização.

Gerenciamento de processos judiciais: ferramentas e práticas para otimização.

Ao contrário do que muitos advogados pensam, gerenciar processos judiciais não é uma tarefa difícil.

Mas, alguns profissionais ainda resistem bravamente ao Gerenciamento de Processos. Isso acontece porque, muitos desses advogados continuam presos a antigos métodos de trabalho. Mas, assim como o judiciário, esses métodos têm avançado bastante ao logo dos anos graças as novas tecnologias do Direito.

Depois de ler esse artigo, você vai entender melhor a evolução do gerenciamento de processos judiciais nos tempos da advocacia digital. Além disso, vai conhecer algumas práticas que ajudam a otimizar esses processos.

Pronto para automatizar a sua rotina jurídica? Então, separe um tempinho na sua agenda e boa leitura!

Como era a rotina do advogado antes das novas tecnologias do Direito.

Antigamente, os advogados adquiriam o Diário Oficial impresso e procuravam as publicações do dia em que constavam os seus nomes. Feito isso, davam sequência as suas rotinas, indo até o fórum para saber o que havia motivado uma intimação, por exemplo. De acordo com os andamentos do processo, essa tarefa ia ganhando em volume de papel e complexidade.

Inicialmente, controlar processos judiciais utilizando uma simples planilha até era possível. Mas, quando as suas ações começavam a tramitar nos tribunais e a cartela de clientes aumentava proporcionalmente, o controle dessas planilhas, invariavelmente, apresentava falhas.

Atualmente, a tecnologia permite que os advogados acompanhem todos os seus processos do escritório, com apenas alguns cliques no computador.

Dessa forma, os advogados passaram a economizar tempo e reduziram a burocracia e as suas estruturas internas de acompanhamento de processos.

Implementação de software jurídico para controle de processos judiciais.

Existem várias ferramentas disponíveis com o intuito de facilitar e otimizar o gerenciamento de processos judiciais no seu escritório de advocacia. Inclusive, softwares específicos para o controle de prazos jurídicos.

Com a ajuda desses softwares é possível controlar melhor os prazos para equilibrar o tempo da gestão do seu escritório. Além disso, por meio dos softwares, você minimiza as chances de falhas – que são maiores quando você conta apenas com a memória e uma simples planilha .

Faça o registro de todas as informações no sistema.

Depois de obter um software, você só precisa organizar uma força-tarefa no escritório e alimentar o sistema com informações.

A adaptação será mais rápida se todos os profissionais estiverem envolvidos no processo de importação dos dados para o software. A operação do software geralmente é intuitiva e requer um pouco de dedicação nos primeiros dias.

Assim, quando implantar um software no seu escritório, envolva todo mundo na fase de aprendizado e de alimentação do sistema: secretárias, estagiários e sócios.

Lembre-se que o software vai agilizar a sua rotina de gerenciamento. Em pouco tempo, todo o esforço empenhado deve ser recompensado, já que as suas atividades rotineiras serão automatizadas.

Controle as suas movimentações processuais.

Um bom software jurídico integra todas as áreas do seu escritório. Isso fará com que o gerenciamento de processos judiciais funcione muito melhor.

Com isso, tanto os advogados como os seus clientes terão um maior controle dos processos, acompanhando tudo por meio do sistema do software.

Para realizar um bom gerenciamento de processos judiciais, o recomendado é adotar um controle dos andamentos processuais. Os softwares jurídicos te ajudam com isso também, já que notificam o advogado quando novas informações são anexadas ao processo. 

Essas são apenas algumas impressões sobre o tema. Esperamos tê-lo ajudado a entender melhor como o gerenciamento digital de processos judiciais não é um bicho de sete cabeças.

Então, agora que você já sabe o que precisa para trazer mais tecnologia para o seu escritório de advocacia, a primeira ação a ser tomada é contar com um bom software jurídico.

O Integra, ferramenta desenvolvida pelo PROMAD em 2008, é líder no segmento e foi pensado para aprimorar a organização das suas rotinas jurídicas.

Atualmente, mais de 80 mil advogados em todo o Brasil utilizam o software. Pensado para cuidar da gestão de escritórios jurídicos, o Integra te ajuda, por exemplo, com a agenda, o fluxo de caixa, captura de intimações de sistemas eletrônicos entre outras funcionalidades.

Acesse www.promad.adv.br e conheça melhor o Integra, o software jurídico do advogado brasileiro.

Deixe uma resposta